Illustration of social media concept

Quando uma marca investe em comunicação?

O que um player de bebidas, uma empresa de tecnologia, uma companhia e um programa de cursos têm em comum? Com a aceleração do uso de recursos de tecnologia para relacionamentos, promovido pela quarentena sanitária, todos perceberam que era o momento de investir em comunicação.

As coincidências não param por aí, todos possuem negócios consolidados, experiência em seus ramos, clientes, parceiros e visão de futuro. Visão essa que inclui reposicionamento, expansão e consolidação, movimentos que necessitam de uma eficiente gestão de comunicação.

Que 2020 está sendo um ano desafiador ninguém duvida, mas é justamente nos momentos de adversidade que iniciativas inovadoras surgem e assim, os negócios e vidas podem ser transformados.

Com mais de 30 anos de existência, percebemos que estava no momento de reposicionar nossa marca. Esse desejo de mudança já estava sendo estruturado e agora, aos poucos, vem sendo colocado em prática. Tudo aliado a qualidade, eficiência e foco no cliente, que sempre permearam nossa atuação. Os desejos dos clientes mudaram com a pandemia e nós estaremos mais fortes para atender essas novas demandas”, declara Alexandre Campos Filho, diretor da Imigrantes Bebidas, um dos principais players do varejo especializado em bebidas de São Paulo.

Uma boa comunicação consegue transformar dados em informação, extrai histórias e conquistas da frieza dos números e ajuda a mostrar que tecnologia e comunicação precisam caminhar de mãos dadas.

Pensando nisso, a Kafnet – especialista no desenvolvimento de soluções tecnológicas e de softwares para empresas, além de possuir o maior número de certificados técnicos da Zoho Corporation, empresa indiana de desenvolvimento de software, – resolveu sair um pouco de trás da tela para investir em formas de relacionamento com seus clientes.

A Kafnet é a realização de um sonho de poder ajudar e facilitar a vida das pessoas por meio da tecnologia. Nosso lema no dia a dia é: missão dada é missão cumprida. Nos preocupamos em prestar o melhor atendimento para nossos clientes, em cada etapa do processo. E temos conseguido cumprir a missão, mas sentimos que precisamos ir além. Nós entendemos de tecnologia, inovações, soluções tecnológicas, mas não sabíamos como comunicar para a sociedade todo o trabalho que desenvolvemos. Por isso, percebemos que estava no momento de investir em comunicação da marca para o mercado”, analisa Leandro Garcia Diretor Executivo da Kafnet

Leandro Garcia – Diretor Executivo da Kafnet

A vida não vem com manual de instruções e altera nossas percepções de um dia para o outro. Este ano os acontecimentos foram ainda mais surpreendentes e inesperados. Uma companhia que gerou um conjunto coeso de empresas com modelos negócios ao mesmo tempo, independentes e complementares, que têm como missão contribuir para a transformação de empresas e profissionais a partir de modelos de negócio modernos e eficientes, esse é o Grupo 5A.  

Com grandes corporações e empresas em seu portfólio de clientes, acostumado a fazer negócios e a estar perto das pessoas, de repente se viu em uma situação onde foi preciso fazer distanciamento social e repensar a forma de atuação.

São muitos anos de performance com projetos que buscam melhorar a vida de pessoas, empresas e instituições. Acreditamos no potencial transformador do ser humano. É possível criar formas de relacionamento corporativo mais humanizadas. Em todos esses meses de pandemia refletimos sobre a influência e o alcance das redes sociais e como   ajudaram a manter as relações mesmo à distância, por exemplo. Então, resolvemos nos comunicar mais por meio das redes sociais, construirmos melhores ideias e soluções em um mundo pós-pandemia que ainda é desconhecido”, pontua Carlos Perobelli, CEO do Grupo 5A.

Carlos Perobelli – CEO do Grupo 5A

Não há como negar que a educação é a força transformadora. Ivone Rocha e Naia Veneranda são jornalistas, professoras e juntas criaram o programa de curso De Olho na Rede. Tão acostumadas a ensinar como planejar e executar ações de comunicação, as gestoras do De Olho na Rede perceberam que precisavam de apoio.

“Nosso cotidiano é bem corrido, temos que dividi-lo entre cursos e consultorias do De Olho na Rede, nossos projetos pessoais e acadêmicos. Isso, sem falar na família e no descanso que também precisamos. E associar tudo isso mais cuidar da nossa comunicação e das nossas redes sociais é humanamente impossível. Até porque temos de focar nos nossos negócios. Foi com esse pensamento que resolvemos ter especialistas em comunicação para gerenciar a marca De Olho na Rede. Sendo assim, focamos no que amamos, que é ministrar cursos e ajudar nossos alunos com seus próprios negócios também. Com o sucesso que estamos tendo na comunicação, percebemos o quanto está valendo a pena essa nossa decisão”, avaliam as gestoras do De Olho na Rede.

Ivone Rocha e Naia Veneranda – Gestoras do De Olho na Rede

O QUE VOCÊ DESEJA PARA A SUA MARCA?

Nos últimos dias a DAAZ Comunicação vem perguntando o que você deseja para o seu negócio.

Hoje, trouxemos essas histórias inspiradoras de marcas que resolveram sair da zona de conforto, que toparam o desafio e estão almejando e se preparando para alçar voos mais altos. Os C@maleões estão atendendo as necessidades de cada um desses negócios.

Pesquisas, estudos, matérias diversas estão tratando dos desafios econômicos para o próximo ano. O mundo pós-pandemia ainda está sendo desenhado e com certeza quem se planejar desde já terá cores mais vivas e felizes.

Para ajudar você a refletir mais sobre o tema, leia também:

Retomada: Pensar a comunicação para construir oportunidades
Descubra como a “Transformação digital” pode fazer o seu negócio prosperar
Sua marca está preparada para atender o consumidor 4.0?

Compartilhar

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email